Tecido em spray


As pinturas corporais alcançaram um novo nível através da invenção do estilista espanhol Manel Torres. Com o novo método, em vez de pintar com pincéis e depois lavar o corpo, a tinta aplicada na pele com spray forma um tecido tão resistente que pode ser lavado.
A fórmula desenvolvida mistura polímeros com solvente, que evapora quando atinge uma superfície, deixando apenas o material sólido que cobre a pele. O tecido tem textura de camurça, mas pode ser constituído de fibras de tecidos naturais, como lã, algodão ou seda, ou sintéticos, como o nylon, tendo a possibilidade inclusive de ser dissolvido e reutilizado.
Além da possibilidade de ter várias cores, a substância assume qualquer forma, causando efeitos de uma maneira completamente nova. De acordo com os fabricantes, o produto ainda não está pronto para comercialização, mas “as possibilidades são enormes”.
David Luckham, cientista que auxiliou Torres nas pesquisas, declarou que o spray também está sendo desenvolvido para ser utilizado na indústria médica. A ideia seria pré-esterilizar vítimas de acidentes. O sistema permite também a criação de tecidos inteligentes com partículas ativas, que vão dos medicamentos aos perfumes.


Fonte: http://www.usefashion.com/categorias/noticias.aspx?IdNoticia=89623

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: